fbpx
Artigos

Cirurgia com Excimer Laser para ceratocone

Tratamentos de superfície a laser personalizados em olhos com ceratocone tornaram-se possíveis graças ao advento do crosslinking da córnea (CXL). O tratamento que é criticado e reverenciado por cirurgiões em todo o mundo tem sido objeto de controvérsia e debates ferozes durante a última década. Uma revisão próxima e objetiva deste procedimento identifica seus pontos fortes, metas realistas, limitações, assim como delineia estratégias cirúrgicas e clínicas.

O objetivo da ablação personalizada com Excimer Laser em ceratocone é a reabilitação visual, melhorando a acuidade visual corrigida para distância (BCVA) e melhorando os sintomas visuais. É especialmente útil quando lentes rígidas gás-permeáveis não são uma opção, seja devido à intolerância clínica ou social. Os tratamentos personalizados não devem ter como objetivos eliminar ou minimizar a independência dos óculos, mas sim se concentrarem em melhorar as aberrações da córnea.

MODALIDADES DE TRATAMENTO E PLANEJAMENTO

Ao planejar o procedimento, o cirurgião deve ter em mente que as principais questões em qualquer tratamento personalizado com Excimer Laser são a sobrecorreção, indução de erros de refração, cicatrização estromal e epitelial, ajuste biomecânico, haze estromal e, especialmente para o ceratocone, a integridade biomecânica. Há muitas razões para ocorrer a sobrecorreção, incluindo uma correção refrativa com aberrações de alta ordem embutidas, tais como aberração esférica e coma, entre outras.

Gostaria de ler o artigo na íntegra?

Acesse a Oftalmologia em Foco digital

 

Autor

Shady Awwad
Professor associado de Oftalmologia e chefe do Departamento de Córnea e Cirurgia Refrativa do Centro Médico da Universidade Americana de Beirute, Líbano.

 


Editor da seção

Emilio A. Torres-Netto
Doutorando pela Universidade de Genebra (Suíça). Doutorando pela EPM – Unifesp. Especialista em córnea, catarata e cirurgia refrativa. Formação pela Stanford University